[VÍDEO] Prefeito impede fechamento de comércio e desafia Doria: “Manda me cassar”

Comerciantes de São Paulo estão revoltados com as políticas de combate à pandemia adotadas pelo governador do estado, João Doria, mesmo após a flexibilização anunciada pelo tucano na semana passada, uma vez que muitos já tiveram prejuízos. Diante disso, um prefeito resolveu agir e fez um desafio ao chefe do executivo paulista.

Na última sexta-feira (05), Everton Sodário, prefeito de Mirandópolis, impediu o fechamento de um comércio no momento em que fiscais se dirigiram ao estabelecimento. A cena foi gravada bem na hora em que o gestor fazia um desabafo e também um desafio ao governador de São Paulo.

“Eu saí de casa às 5h da manhã, to com a mesma roupa desde cedo. E a hora que eu chego 18h em casa, num quinto dia útil de uma sexta-feria, me liga um comerciante que está trabalhando e diz assim “a fiscalização do Doria está fechando meu comércio e eu preciso trabalhar, preciso vender […] No quinto dia útil vocês acham justo fazer isso?”, questionou o prefeito.

“Vocês têm que para de cumprir ordem ilegal […] – Essa p*** desse governador está f*** com o povo […] Eu tenho 13 mil na conta todo mês, esse povo não tem”, disse Everton, que desafiou Doria a mandar lhe “cassar”. Em sua rede social, o prefeito pediu o fim do “autoritarismo”.

“Estou há 1 ano tentando conciliar a Vida, Liberdade e o Trabalho da população de Mirandópolis e até agora tem dado certo. Chega de perseguição e autoritarismo em SP. Não dá mais, estamos sendo feitos reféns!”, escreveu ele ao compartilhar o vídeo do seu desabafo. Assista: