Hashtag “ForaMaia” chega ao topo do Twitter mundial após críticas de Bolsonaro

A noite da quinta-feira (16) foi tensa no cenário político brasileiro. Além da demissão do ministro então ministro da Saúde, Henrique Mandetta, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, também virou notícia negativa.

Após anunciar a saída de Mandetta, Bolsonaro concedeu uma entrevista para a rede CNN Brasil, onde comentou sobre o Plano Mansueto, que trata da Promoção do Equilíbrio Fiscal, proposto pelo secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida.

Na ocasião, Bolsonaro foi questionado sobre o que achava da atuação de Maia na condução da proposta na Câmara. “Isso que o senhor [Maia] tá fazendo não se faz com o Brasil. É falta de patriotismo. Falta de humanismo”, disse o presidente.

Bolsonaro falou que é “quase que conspirar contra o governo federal não é o correto”, ao classificar a postura de Maia. Aliados do governo julgam que o presidente da Câmara teria descaracterizado o Plano Mansueto, prejudicando assim o planejamento econômico do Planalto.

Como reação às declarações de Bolsonaro, apoiadores do presidente levantaram a hashtag #ForaMaia, que terminou indo parar na quarta posição dos tops trends do Twitter mundial, como é possível conferir na imagem de capa desta matéria, ou no histórico do Trends24.