A deputada federal Carla Zambelli criticou nesta segunda-feira a prorrogação, em alguns estados, da quarentena de toda a população por causa da pandemia do novo coronavírus. Segundo a parlamentar, os governadores que aderiram a esse movimento estariam tentando “derrubar o presidente” com o pânico da população.

“Em 2009 mais de 2 mil pessoas morreram de H1N1. Em 2017 e 2018 quase 4 mil pessoas, anos depois do 1° surto. Esse escândalo todo tem UM SÓ OBJETIVO: Governadores arrancarem dinheiro da União, gastarem sem licitação e tentar derrubar o Pr. Bolsonaro com o pânico criado”, afirmou Zambelli em sua rede social.

Zambelli argumentou que os trabalhadores que dependem dos ganhos diários, como empresários, pequenos investidores, autônomos e outros profissionais liberais, sofrem com o isolamento. Ela defende que apenas pessoas que pertencem ao grupo de risco da doença sejam isoladas, como pensa o presidente Bolsonaro.

“Muito fácil defender o ‘isolamento total, exceto em serviços essenciais’, se você não é de um serviço essencial, se seu salário está garantido, se não está passando fome ou falindo seu negócio. Tenha empatia, coloque-se no lugar do outro. Minha opinião: isolar grupo de risco”,.