“Ditador desumano, canalha”, diz Marisa Lobo sobre prefeito de Curitiba, Rafael Greca

A psicóloga e escritora Marisa Lobo, ex-candidata à Prefeitura de Curitiba, no Paraná, não poupou críticas ao atual prefeito, Rafael Greca, após o mesmo ter a “brilhante” ideia de criar um projeto de lei para proibir a doação de comida “sem autorização” a moradores de rua.

“Prefeito Rafael Greca, covarde me bloqueou, porque fiz críticas ao seu projeto esdrúxulo, desumano de tentar impedir que pessoas comuns doem alimentos a quem precisa. Ditador desumano, canalha mostrando sua face”, disparou Marisa ao se referir ao bloqueio que sofreu no Twitter.

Conforme noticiado pelo Opinião Crítica na quarta-feira (31), pela proposta de Greca, quem distribuir alimentos em desacordo com os horários, datas e locais autorizados pelo Município de Curitiba, poderá ser multado de R$ 150 a R$ 550, após advertência.

A medida repercutiu negativamente contra o prefeito de Curitiba, causando indignação e a fúria de adversários como a Marisa Lobo, que já havia criticado o prefeito dizendo que ele foi um “erro” para os curitibanos.

“Pouco está se importando com quem passa fome. O Sr. é um erro, o povo foi enganado pelo Sr. Que Deus tenha misericórdia de sua alma, pois terá muito pecado para pagar”, criticou a psicóloga, presidente do Avante do Paraná e bolsonarista “raiz”.