Bolsonaro rebate Lula: “Seus governadores de esquerda destruíram a economia”

O presidente Jair Bolsonaro rebateu as críticas do ex-presidente Lula ao seu governo feitas durante entrevista para a CNN Brasil nesta quarta-feira (10), lembrando que a votação sobre a suspeição do ex-ministro Sérgio Moro durante a sua atuação na Lava Jato ainda não foi encerrada. “Lula está comemorando cedo demais”, disse o presidente.

Para Bolsonaro, Lula tenta fazer parecer que resolveria tudo no Brasil, quando a realidade é outra, especialmente numa pandemia. Diante dos fatos, para o presidente o ex-presidiário não teria outra alternativa, senão propagar mentiras e desinformação.

“O governo federal fez a sua parte. Então não vale essa crítica do Lula, que agora inicia uma campanha. E como não tem nada de bom para mostrar, e essa é uma regra do PT, a campanha deles é baseada em criticar, mentir e desinformar. Nada além disso. Ele não sabe o que fala, não tem argumentos e, pra mim, vai ficar tagarelando”, disse o presidente.

Bolsonaro lembrou ainda que diversos governadores e prefeitos, especialmente os da esquerda, agiram na contramão da posição do Governo Federal, decretando lockdown em seus estados, o que acabou acarretando prejuízos econômicos gigantes para o país.

“Pra ele [Lula] tudo é fácil, tudo pode ser resolvido”, disse Bolsonaro, segundo a Istoé. “Em nenhum momento ele falou que seus governadores de esquerda destruíram a economia, obrigando o povo ficar em casa. Lula fez proselitismo, campanha política, como se tudo fosse resolvido e o Brasil seria um mar de rosas”.