Bolsonaro: “Indicação para o STF virou algo como escalação da Seleção de futebol”

A indicação de Kassio Nunes para o STF tem produzido reações diversas sobre o governo do presidente Jair Bolsonaro. Em um dos questionamentos feitos acerca do assunto, o chefe do Executivo comparou a indicação à seleção de um time de futebol.

“[A] indicação para o Supremo virou algo como escalação da Seleção de futebol. Cada um tem o seu favorito. Qualquer um que indicasse sofreria críticas”, afirmou Bolsonaro em resposta a um internauta em sua página no Facebook.

“O que indiquei agora também é caluniado, em especial por aqueles que chegaram até mim e não conseguiram emplacar o seu indicado. O próximo, 2021, será um evangélico, com [sic] havia me comprometido”, completou o presidente.

Ao dizer que Kassio Nunes estaria sendo “caluniado”, o presidente dá a entender que o futuro ministro poderá surpreender os seus apoiadores, no sentido de se mostrar mais alinhado com a agenda conservadora do que parece. Resta aguardar. Confira:

 

Bolsonaro responde pergunta sobre indicação ao STF. Reprodução: Facebook

Apoiadores de Bolsonaro rejeitam possível indicação de Kassio Nunes para o STF