Ato falho? Gleisi diz que “o PT está na linha de frente da CPI da Pandemia”

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada federal Gleisi Hoffmann, fez uma publicação nesta sexta-feira (01) que acabou gerando críticas por parte dos adversários do seu partido e aliados do governo, ao dar a entender que o comando da CPI da Pandemia estaria nas mãos da sua legenda.

“O PT está na linha de frente da CPI da Pandemia, investigando Prevent Senior e todas as denúncias”, declarou a deputada. A postagem foi uma resposta ao pedetista Ciro Gomes, que pelas redes sociais relacionou Lula à Prevent Senior, atual foco da investigação da CPI da Covid.

“Nossos senadores dão a cara a tapa. Onde está a turma boa do Ciro Gomes? O povo tá cansado de fakenews e de acusação falsa, mas Ciro não aprendeu nada. Q fim de carreira”, disparou Gleisi.

Aparentemente, Gleisi quis se referir ao trabalho dos senadores do PT na CPI, afirmando que o partido estaria “na linha de frente” no sentido de mostrar serviço. Entretanto, por causa dos rumores de que a cúpula da CPI, no caso os senadores Omar Aziz, Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues, estariam “a serviço” de Lula, adversários da petista enxergaram na postagem uma espécie de “ato falho”.

Ou seja, uma forma de confessar algo sem perceber. Uma das figuras que compartilharam essa interpretação foi o vereador Carlos Bolsonaro. Através do Twitter, ele ironizou a postagem da petista: “Não é cpi do lula não, é tudo fakenews!”.