Mamãe Falei

Com menos de um ano de mandato, MBL já lança Arthur do Val para a prefeitura de SP

Candidatura precoce de Arthur do Val para a prefeitura de São Paulo revela ânsia do MBL pela obtenção de poder

15/11/2019 17h58
Por: Will R. Filho
Reprodução: Google
Reprodução: Google

Até janeiro de 2019, Arthur do Val (DEM-SP) não tinha qualquer experiência no mundo político, senão na militância partidária através do Movimento Brasil Livre (MBL). Atualmente ele está em seu primeiro ano de mandato, mas já pensa em disputar a eleição para a prefeitura de São Paulo no próximo ano.

O Movimento Brasil Livre (MBL) confirmou nesta sexta, 15, em São Paulo, durante a abertura de seu 5º Congresso Nacional o lançamento de Arthur do Val (DEM-SP), conhecido por seu canal no Youtube Mamãe Falei, como futuro candidato a prefeito de São Paulo em 2020.

Segundo informações do Estadão, a sigla pela qual Arthur sairá candidato, contudo, ainda é dúvida e por isso ele já chegou a falar sobre uma possível desfiliação do DEM para conversar com outras siglas. 

"(Fazemos um trajeto que) vai da análise de cenário até falar que discordamos do bolsonarismo nisso, de (João) Doria (PSDB, governador de São Paulo) naquilo, do PT, mas o que propomos?", diz Renan Santos, coordenador nacional do movimento. "Então, vamos participar de certas eleições.", completou.

O MBL e a velha política

O Movimento Brasil Livre está se revelando cada vez mais parecido com a chamada "velha política", onde a ânsia pela obtenção de cargos e mandatos é a prioridade máxima. Muito embora o próprio MBL não tenha se tornado um partido ainda, o mesmo já se comporta como tal. 

Ao se lançar candidato a prefeito de São Paulo com menos de um ano de mandato, Arthur do Val não apenas despreza todos os eleitores que votaram nele para exercer a função de deputado estadual por quatro anos, como perde a oportunidade de mostrar serviço.

Não se trata de alguém com experiência (de vida e de profissão), mas de um jovem ativista e empreendedor digital. Como o paulistano poderá depositar a gestão da cidade economicamente mais importante do país nas mãos de alguém que nem almeja cumprir o seu primeiro mandato? É no mínimo imaturidade e oportunismo.

O MBL sem dúvida comete um erro ao querer dar um passo maior que a perna, e o Arthur do Val, sem perceber tamanho equívoco, poderá estar cavando a sua cova política para os próximos anos se continuar depositando confiança na ala "doriana" que, diga-se de passagem, foi eleita com a grande ajuda da ala "bolsonarista".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas