Festival Lula-livre

Festival Lula-livre terá a participação de cantor que chamou Jesus de "travesti"

“Pode um cristão concordar com uma aberração dessas?”, questiona deputada.

13/11/2019 17h39
Por: Opinião Crítica
“Pode um cristão concordar com uma aberração dessas?”, questiona deputada.
“Pode um cristão concordar com uma aberração dessas?”, questiona deputada.

A deputada estadual Clarissa Tércio (PSC-PE) realizou uma publicação em sua conta oficial no Instagram criticando a participação do cantor Johnny Hooker no Festival Lula Live, que será realizado no próximo domingo (17), no Recife.

A parlamentar aparece ao lado de seu marido, o Pastor Júnior Tércio, lembrando que Johnny Hooker chamou Jesus de “bicha” e “travesti” em um show realizado no Festival de Inverno de Garanhuns, em Pernambuco. 

“Isso mesmo. O Johnny  Hooker, esse cantor aí, é presença confirmada em um evento para exaltar um ex-presidiário. Daí você já tem um retrato das pautas que são defendidas por esse grande líder da esquerda”, disse Clarissa Tércio. 

Para a parlamentar as declarações do cantor foram uma ofensa à fé cristã, e questiona: “Pode um cristão concordar com uma aberração dessas?”. (Portal da Prefeitura).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas