Empoderamento

Empoderada com um fuzil AR-15, grávida mata invasor de residência e salva a família

A gestante de oito meses salvou a vida do esposo e da filha de apenas 11 anos

06/11/2019 12h46
Por: Opinião Crítica
Fonte: New York Post
A gestante de oito meses salvou a vida do esposo e da filha de apenas 11 anos. Reprodução: Google
A gestante de oito meses salvou a vida do esposo e da filha de apenas 11 anos. Reprodução: Google

Uma mulher grávida foi reconhecida por salvar a vida de seu marido e filha depois que ela usou um fuzil AR-15 para matar um criminoso que invadiu a sua residência.

A mãe-herói entrou em ação quando dois invasores entraram na casa da família em Lithia, na Flórida, Estados Unidos, na semana passada, segundo informações da delegacia do condado de Hillsborough.

"Eles chegaram encapuzados e mascarados", disse o marido, Jeremy King, ao Bay News 9. "Assim que eles abriram a porta dos fundos, apontaram uma pistola para mim e estavam agarrando minha filha de 11 anos."

Os assaltantes então bateram em King com a coronha da pistola e o chutaram enquanto a esposa do homem, grávida de oito meses, fugiu para o quarto.

"Quando ele foi em direção à porta dos fundos em sua linha de visão, ela o acertou", disse King. A polícia disse em uma entrevista coletiva que encontrou o cadáver do homem caído sobre uma vala próxima. O segundo suspeito conseguiu escapar.

O proprietário disse que levou uma "grave surra" dos assaltantes, mas parabenizou a esposa por salvar ele e a filha do casal. "Eu tenho uma cavidade ocular fraturada, uma cavidade sinusal fraturada, 20 pontos e três grampos na minha cabeça", disse King.

“Eles entraram com duas pistolas normais e meu AR-15 os parou. [Minha esposa] igualou o campo de jogo e os impediu de me matar", destacou o marido. A delegacia que lida com o caso acrescentou que a arma estava na casa da família legalmente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas