Bolsonaro

Enquanto Dória é vaiado, Bolsonaro é chamado de "mito" em cerimônia da PM

"Combatemos a esquerda que queria, pela força, roubar nossa liberdade", disse o presidente

11/10/2019 15h28
Por: Will R. Filho
Reprodução: Google
Reprodução: Google

O governador paulista, João Doria (PSDB), foi vaiado em duas ocasiões pelo público que participava da cerimônia de formatura de sargentos da Polícia Militar do estado, realizada hoje de manhã em São Paulo.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) também participou do evento e foi aplaudido pela plateia, sendo chamado de "mito".

Doria foi vaiado nas duas vezes em que seu nome foi anunciado pelo mestre de cerimônia. No entanto, depois conseguiu arrancar aplausos ao longo de seu discurso, principalmente após dizer "a melhor Polícia Militar do Brasil está em São Paulo".

Na ocasião, o governador de São Paulo aproveitou para tietar Bolsonaro insinuando lhe apoiar diante do público presente. "Fiz questão de estar aqui presente nesta manhã para mostrar que o estado de São Paulo é parceiro das boas ações do Brasil", pontuou. "Nós estamos alinhados com todas as boas iniciativas do governo federal."

Bolsonaro, por sua vez, exaltou o trabalho do ministro Sérgio Moro no combate à criminalidade e atacou os adversários. "Combatemos a esquerda que queria, pela força, roubar nossa liberdade impondo um plano absoluto de poder. Perderam", disse ele, segundo o UOL.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas