Lava Jato

STF toma decisão que pode enterrar a Lava Jato e libertar o ex-presidente Lula

Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Cesldo de Mello votaram pela decisão polêmica

26/09/2019 19h33
Por: Opinião Crítica
Fonte: ISTOÉ

O STF (Supremo Tribunal Federal) retomou hoje o julgamento que pode causar um efeito cascata de anulações de sentenças em casos da Operação Lava Jato, colocando em xeque quase todos os julgamentos da força-tarefa, inclusive o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A Corte vai decidir se réus delatores devem apresentar suas últimas alegações no processo penal antes dos outros réus acusados por eles e se os processos que não seguiram esse procedimento devem ter suas condenações anuladas. Um dos casos que podem ser afetados envolve o do líder petista, preso em Curitiba desde abril do ano passado.

Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia votaram contra o pedido da defesa, enquanto que Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Cesldo de Mello votaram a favor.

O placar parcial, portanto, é de 5 a 4 a favor do entendimento de que corréus devem ter o mesmo prazo para a entrega das alegações finais em uma ação penal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas