Heloísa Bolsonaro

Heloísa Bolsonaro faz desabafo e diz que jornalista "responderá na justiça"

Heloísa Bolsonaro disse que "João responderá na justiça" por ter fingido ser cliente

13/09/2019 14h35
Por: Will R. Filho

A esposa do deputado Eduardo Bolsonaro, Heloísa Bolsonaro, se manifestou em sua rede social na tarte desta sexta-feira (13), para comentar o caso do jornalista que fingiu ser um cliente para colher informações a respeito da sua família. A denúncia veio à tona na manhã de hoje.

"João Paulo Michael Saconi, 23 anos, natural de Itú - SP, contratou um serviço de 'coaching de autoconhecimento', que totaliza 5 sessões de 1h30 cada. Não conversei com João na fila do supermercado nem em um barzinho. Nosso contato foi estritamente profissional, o que pressupõe, no mínimo, o sigilo e a boa fé", publicou Heloísa.

Heloísa Bolsonaro confirmou que João Paulo Michael Saconi procurou omitir a sua verdadeira identidade, e ainda pior, que fez gravações escondidas das sessões com a psicóloga, publicando sem o seu consentimento.

"Jornalista, nunca se apresentou desta forma, gravou de forma ilegal as sessões e publicou uma matéria sem autorização. Sempre o tratei com respeito, como faço com todos. Eu nunca o questionei sobre suas preferências políticas, sexualidade ou religião. Nunca faço isso com nenhum cliente", disse Heloísa.

"Entretanto, João logo se apresentou como apoiador do Bolsonaro, homossexual e que, embora já tenha sido mais próximo do espiritismo, hoje possui muitos amigos ateus e se vê afastado da espiritualidade, pois, segundo ele 'perdeu um pouco a fé em Deus e na humanidade'", continuou a esposa de Eduardo Bolsonaro.

"Nunca interferi em suas posições políticas, mesmo quando ele falou de 'amigos de esquerda'. Inclusive mencionei que hoje percebo uma falta de valores na sociedade, o que gera uma dificuldade de conviver e respeitar o próximo e o diferente", destacou.

Heloísa Bolsonaro: "Mal intencionado desde o início" 

A psicóloga deixou claro que o jornalista do grupo Globo estava "mal intencionado desde o início, com certeza ele queria provocar respostas polêmicas da minha parte ou mesmo anti-éticas, o que não obteve", ressaltou Heloísa.

"Se queixava dizendo que sofria muito com as 'fake news' e o excesso de (des)informação e me perguntou se eu poderia indicar algumas mídias para ele seguir no instagram, que fossem da minha confiança e assim o fiz. Aliás, não é e nem seria surpresa nenhuma para nenhum cliente que me contrata, saber das minhas posições políticas ou de qual família faço parte, né?", disse ela.

Por fim, nora do presidente Bolsonaro agradeceu o apoio que vem recebendo dos seguidores e repudiou a atitude do jornalista. "Agradeço o apoio de todos. Estou tranquila e seguirei agindo da mesma forma, pois essa sou eu. Ajudo as pessoas, me engajo de verdade na busca do desenvolvimento pessoal. Sigo confiando e esperando o melhor do próximo, pois é assim que me comporto", disse ela.

"A paz e a serenidade que habitam em mim são inegociáveis. Os fins não justificam os meios. João responderá na justiça", conclui a profissional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas