Ação contra a Globo

Globo pode ser processada por chamar menino de "imbecil" através de funcionário

Ivo Cezar Gonzaga subiu no carro presidencial e desfilou ao lado de Jair Bolsonaro na comemoração da Independência do Brasil

09/09/2019 11h49Atualizado há 1 semana
Por: Will R. Filho
Criança foi chamada de
Criança foi chamada de "imbecil" por conta oficial do G1, do grupo Globo. Reprodução: Google

O Movimento Advogados do Brasil, que conta com mais de 5 mil profissionais do Direito, se colocou à disposição da família do menino Ivo Cezar Gonzaga, de nove anos de idade, que desfilou ao lado do presidente Jair Bolsonaro na comemoração do Dia da Independência, no último 7 de setembro.

Os advogados publicaram um nota de repúdio (abaixo) contra o site G1, do grupo Globo, após o mesmo fazer uma agressão explícita ao menino em sua conta no Facebook, lhe chamando de "moleque imbecil" através de um dos seus funcionários.

Na ocasião, provavelmente o responsável pelas publicações do G1 na rede social esqueceu de trocar o perfil e acabou fazendo um comentário ofensivo à criança em nome do portal. O ato de agressão foi "printado" por internautas, que logo divulgaram o caso.

Segundo o Movimento Advogados do Brasil, a família de Ivo pode entrar com uma ação contra o grupo Globo por danos morais, pedindo indenização reparatória pela agressão à criança. A Globo, por sua vez, até o momento publicou apenas uma nota em suas redes sociais, confirmando o incidente, dizendo que tomará providências.

Funcionário da Globo agride menino nas redes sociais. Reprodução: Google
Funcionário da Globo agride menino nas redes sociais. Reprodução: Google
Nota de repúdio ao G1, do Movimento Advogados pelo Brasil
Nota de repúdio ao G1, do Movimento Advogados pelo Brasil
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas