Governo

Moro e Bolsonaro trocam elogios: "Estamos juntos, Sr. Presidente. Pelo Brasil"

Sérgio Moro e o presidente Bolsonaro trocaram afagos no Twitter, mostrando que não há conflito entre os dois

28/08/2019 08h41
Por: Opinião Crítica
Fonte: Ministério da Justiça / Opinião Crítica
Foto: reprodução / Google
Foto: reprodução / Google

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, destacou a necessidade de ações integradas para combate à corrupção e criação de delegacias especializadas nos estados. Moro participou, nesta terça-feira (27), da abertura do Seminário sobre Métodos Modernos de Combate à Corrupção, realizado pela Polícia Federal.

O combate à corrupção, aos crimes violentos e ao crime organizado é prioridade do Ministério da Justiça e Segurança Pública. “Existem várias frentes que essa questão pode ser enfrentada. A prevenção é essencialmente importante e, para isso, é importante o avanço da tecnologia e a integração de bancos de dados. Mas também não deixa de ter sua grande importância o aumento, incremento e eficiência da repressão”, afirmou Moro.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública definiu, em julho, critérios objetivos para distribuição dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública. Entre eles, está a criação de unidades especializadas das Polícias Civis específicas para combate à corrupção.

“Nós não podemos compreender o enfrentamento da corrupção como uma tarefa exclusiva da Controladoria Geral da União ou da Polícia Federal, é preciso que os estados desenvolvam mecanismos de eficiência de controle, prevenção e repressão e parte dessa solução reside na criação de unidades definidas nessa área”, destacou Moro.

Moro e Bolsonaro trocam elogios no Twitter

Comentando a iniciativa da Polícia Federal no combate à corrupção, Sérgio Moro e o presidente Bolsonaro protagonizaram uma troca de mensagens no Twitter que contraria a narrativa recente da mídia sobre uma possível desavença entre os dois.

"O MJSP está e vai avançar mais no combate à corrupção, com investimentos em métodos modernos de investigação e em total alinhamento com a orientação do PR @jairbolsonaro . Aliás, esse é o nosso compromisso", escreveu Moro, que em seguida obteve a resposta de Bolsonaro: "Vamos, Moro", sinalizando aprovação ao ministro.

Sérgio Moro então respondeu: "Estamos juntos, Sr. Presidente. Pelo Brasil e pelo futuro". Certamente cientes dos rumores difundidos pela grande mídia, Moro e Bolsonaro devem ter quisto demonstrar que não há qualquer conflito entre os dois, o que é bom para o Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas