Vinícius Guerrero

Alerta: Vinícius Guerrero continua impune e grande mídia não repercute denúncia

O suposto jornalista gravou um vídeo pedindo o assassinato do presidente Bolsonaro e sua família, além de incitar um levante armado contra o Estado

07/08/2019 12h38Atualizado há 3 semanas
Por: Will R. Filho

Após a denúncia feita contra o jornalista Vinícius Guerrero, que publicou um vídeo no dia 30 de julho pedindo o assassinato do presidente da República Jair Bolsonaro e também dos seus filhos, até o momento nenhum grande veículo da imprensa noticiou este caso, apesar da forte repercussão aqui no Opinião Crítica e em outras mídias alternativas, como a Terça Livre.

Nas redes sociais, vários internautas e também parlamentares utilizaram suas redes para ampliar a denúncia, cobrando uma posição das autoridades, uma vez que Vinícius Guerrero cometeu claramente os crimes de incitação à violência, tipificado pelo Artigo 286 do Código Penal Brasileiro, e também violou a Lei de Segurança Nacional ao incitar um levante armado contra o Estado, como especificado em seu Artigo 8.

"Vamos começar a guerra, velho... é isso o que tem que acontecer. Não tem mais condição de aceitar um bosta como Bolsonaro no poder. Esse cara tem que ser assassinado, ele e família, menos a filha que não é política, [mas sim] os políticos da família Bolsonaro pra resumir, os quatro... os três filho bosta [sic] e o próprio pai”, disse Guerrero na gravação.

Apesar de ter apagado o vídeo das suas redes sociais, o download do material permitiu que a gravação fosse compartilhada. Vários internautas chamaram atenção para o fato de Guerrero, que é ligado ao PDT, partido que tem como figura mais representativa o ex-candidato à presidência, Ciro Gomes, ainda continuar impune.

"Esse crápula já deveria está na cadeia, e sem ser solto, isso só acontece no Brasil por causa da impunidade deste país onde a maioria são corruptos criminosos e defendem essa corja de marginais [sic]", comentou uma internauta na denúncia do Opinião Crítica. "Tem que ser acionada a Lei. Saem falando o querem e não acontece nada. Tem que acabar isso. Precisamos de ordem pra se ter o mínimo de segurança", destacou outra leitora.

Assista o vídeo completo abaixo:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas