Presidente da OAB

Ex-candidato a vereador pelo PT, presidente da OAB tem histórico de militante

Crítico da Lava Jato, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil já foi filiado ao PT por quase 8 anos

02/08/2019 09h31
Por: Opinião Crítica
Fonte: Agência Caneta

Além de ter sido candidato a vereador do Rio de Janeiro pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em 2004, o atual presidente da OAB, Felipe de Santa Cruz Oliveira, foi filiado ao partido de esquerda por quase 8 anos.

Segundo dados oficiais do TSE, Felipe se filiou ao PT no dia 05 de maio de 2001 e pediu desfiliação do partido no dia 12 de fevereiro de 2009.

No período em que foi filiado oficialmente ao PT, Felipe fez mestrado em Direito e Sociologia pela Universidade Federal Fluminense – UFF (2000-2002), no qual dissertou sobre o Direito do Trabalho, e foi professor nos cursos de Direito das Universidades Cândido Mendes (2001-2005) e Santa Úrsula (2001-2002).

Pouco mais de três anos após se desfiliar do PT, Felipe foi eleito presidente da OAB/RJ em novembro de 2012 com apoio do então presidente da seção, Wadih Damous, outro filiado ao PT. Posteriormente Wadih foi eleito deputado federal (2014-2018) pelo PT.

Isso explica o presidente da OAB defender o fim da Lava Jato, chamar advogados de “filhos da p…” nas redes sociais, ter um escritório que recebeu mais de R$ 1 milhão da Petrobras sem licitação e afirmar que Sergio Moro é “chefe de quadrilha”. (Fonte: Caneta)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas