FGTS

Expectativa: com a liberação do FGTS, mercado terá estímulo de R$ 63 bilhões

A liberação do FGTS é uma decisão acertada que estimula o mercado e facilita a vida do cidadão endividado

18/07/2019 08h49
Por: Will R. Filho

Ficar com o dinheiro retido no FGTS não a melhor opção para muitos trabalhadores, tanto pela falta de rendimento satisfatório, como pela necessidade eventual, a exemplo de dívidas e outras despesas emergenciais. Com a decisão de liberar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o governo não só estimula o mercado, como facilita a vida do cidadão endividado ou que deseja fazer novos investimentos.

“O FGTS é tradicionalmente um péssimo investimento, ganha mal e porcamente da inflação. Tem rendimento mais baixo até que o da poupança ou renda fixa. É uma alternativa ruim que o governo impõe”, disse o professor da Faculdade Fipecafi, Diogo Carneiro, segundo o Metro Jornal.

Diogo explicou que com a retirada do FGTS a primeira coisa que o trabalhador deve fazer é quitar dívidas, especialmente as do cartão de crédito. Se este não for o caso, poupar para investir no futuro é a melhor alternativa.

O vice-presidente Hamilton Mourão, que está em exercício em Brasília por causa da viagem de Bolsonaro para a Argentina, elogiou a decisão de liberar o FGTS, conforme orientação do ministro Paulo Guedes:

"A gente precisava colocar algumas medidas na microeconomia para dar uma aquecida no consumo, vamos colocar assim, que gira a roda. Então o ministro Paulo Guedes [Economia] estava aguardando aí a passagem da reforma da Previdência para que ele pudesse colocar esse tipo de medida de modo a dar um aquecimento", disse ele, segundo o G1.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas