Relação familiar

Resgatando valores: 10 recomendações cruciais para a educação dos filhos pelo exemplo

As crianças precisam de alguém para admirar e aprender, e os pais precisam aprender como fazer isso

28/06/2019 20h32
Por: Opinião Crítica
Fonte: Psychology Today / Suzanne Gelb
As crianças precisam de alguém para admirar e aprender, e os pais precisam aprender como fazer isso
As crianças precisam de alguém para admirar e aprender, e os pais precisam aprender como fazer isso

Embora os pais não devam ser "perfeitos", geralmente não é tão complicado criar filhos felizes e bem ajustados. As crianças precisam de amor. As crianças precisam de limites. As crianças precisam de alguém para admirar e aprender.

Seu papel principal, como pai, é dar o exemplo - modelando o tipo de comportamento que você quer que seus filhos adotem. Tornar-se um modelo, é claro, muitas vezes significa dar uma olhada de perto e honesta em como você vive sua própria vida.

Esse tipo de auto-exame pode ser desconfortável, às vezes, mas é absolutamente necessário para o bem-estar do seu filho.

Se você está pronto para evoluir, apresento 10 maneiras de liderar pelo exemplo, ajudando seus filhos a construir o caráter e o respeito próprio, para mostrar a eles que "é assim que a beleza é."

1. Seja o seu melhor. Quando se trata de seus filhos, a modelagem de papéis é tudo. Seus filhos prestam atenção a tudo que você diz e faz, e eles imitam suas palavras e ações. Tenha em mente o quão facilmente eles são influenciados. Portanto, seja o melhor de você.

2. Cuide-se. O melhor de tudo é cuidar bem de si mesmo - dormir o suficiente, separar um tempo para se exercitar, comer bem e encontrar maneiras saudáveis ​​de lidar com emoções negativas sem perder o controle.

Esgotar-se constantemente colocando as necessidades de outras pessoas em primeiro lugar não é uma boa atitude. Esse não é o tipo de futuro que você deseja para o seu filho.

3. Seja confiável. Você não quer criar uma criança esquisita que decepcione as pessoas - então, certifique-se de modelar a confiabilidade.

Isso significa passar para seus filhos a confiança pelo exemplo. ("Eu prometi que iríamos para o parque depois que você limpasse o seu quarto, então vamos!"). Também significa passar para os amigos, familiares, colegas e todos os outros em sua vida o mesmo tipo de exemplo.

4. Se autoavalie sempre. "Fazer check-in" para avaliar seu próprio comportamento é uma prática bonita e necessária - e é bom para o seu filho ver e ouvir você fazendo isso também.

Você pode iniciar conversas com seu filho dizendo coisas como:

- Ultimamente, tenho pensado: posso estar assistindo muita TV. 

- Estou me sentindo um pouco cansado. Eu acho que preciso começar a comer melhor. 

- Hoje me senti tão bravo! Eu acho que é hora de eu ver como estou lidando com os outros.

Convide seu filho para a conversa para compartilhar algumas coisas que ele ou ela gostaria de explorar ou melhorar também. Ao fazer isso, você está reforçando a ideia de que ser uma pessoa incrível é um processo contínuo. Há sempre espaço para aprender e crescer!

5. Seja leal.  Vivemos em uma época em que a remoção de um "amigo" da sua vida pode acontecer com o toque de um botão. Mostre ao seu filho como é a verdadeira lealdade - aparecer para ajudar um amigo em um momento de necessidade ou ficar com um proprietário de uma empresa local que tenha servido a sua família por anos, em vez de ir até a mais nova loja barata.

6. Esteja atento.  À medida que as crianças crescem, elas tendem a exigir mais independência ( "Mamãe, por favor, não entre no meu quarto!" ) E isso é de se esperar. Mas, como pai, seu papel não é ser um "amigo legal". Seu papel é ser pai. O que significa estar atento e ter certeza de que seu filho não está em perigo - mesmo que seu filho pense que você é "chato".

Você poderia dizer algo como:

"Você é tão preciosa para mim, e é minha responsabilidade garantir que você esteja saudável e segura, sempre. Espero que um dia você entenda por que é minha responsabilidade ser tão atenta e cuidar das pessoas que amo. Espero que um dia, se você tiver filhos, fique preocupado e atento também."

7. Ensine ceticismo (saudável). As crianças são naturalmente confiantes e olham ansiosamente para o seu entorno como modelos. Ensine-os que nem todos os "modelos" são confiáveis. Mostre a eles como é ter um ceticismo saudável e "seguir seus instintos".

Por exemplo, em uma revendedora de carros, você pode pedir para seu filho dizer:

“Esses vendedores estão dizendo que esse é o melhor negócio na cidade, mas tenho um palpite de que eles podem não estar corretos. Vamos verificar algumas outras concessionárias. É importante confiar em seu instinto".

8. Confessar quando você se comportou de forma inadequada. Quando você se comporta de forma inadequada - digamos, gritando com raiva para seu cônjuge porque está com raiva e com fome - não dê desculpas. Assuma a responsabilidade e admita que você fez algo inaceitável.

É saudável para o seu filho ver exemplos de adultos assumindo a responsabilidade por suas ações - e implementando "consequências" para corrigir comportamentos inadequados.

"Eu queria sair para correr, hoje, mas eu gritei com o seu pai e isso causou uma grande briga. Em vez disso, vamos ficar em casa e passar algum tempo conversando juntos. Nós vamos pensar como fazer para que isso não aconteça novamente".

9. Implemente as consequências quando o seu filho se comportar de forma inadequada.  Muitos pais hesitam em implementar as consequências quando uma criança infringe uma regra, mas a consistência é necessária.

Quando seu filho faz algo inaceitável, é importante que você implemente uma consequência apropriada. Isto está ligado à lição #3: seja confiável. As crianças tendem a prosperar na consistência e confiabilidade. Sem isso, eles invariavelmente se sentem sem objetivos e sem apoio... e correm o risco de se transformar em adultos que também não sabem ser consistentes

10. Comece agora. Os hábitos que as crianças desenvolvem em tenra idade tendem a permanecer com eles à medida que envelhecem. Como os maus hábitos podem ser difíceis de quebrar, uma das melhores coisas que você pode fazer para seus filhos, desde o primeiro dia, é modelar comportamentos que moldem positivamente seu caráter e valores, e os prepare para viver vidas responsáveis ​​e produtivas.

Quanto antes melhor. Quanto mais consistente, melhor.

Dito isto, não importa a idade de seus filhos, nunca é tarde demais para começar a modelar o comportamento que você quer que seus filhos adotem... criando filhos incríveis que crescem e se tornam adultos incríveis! 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas