Ironia Weintraub

"O avião presidencial já transportou drogas (...), alguém sabe o peso do Lula?"

O ministro Abraham Weintraub ironizou o caso do militar preso envolvendo os ex-presidentes Lula e Dilma

27/06/2019 17h31
Por: Will R. Filho
O ministro Abraham Weintraub ironizou o caso do militar preso envolvendo os ex-presidentes Lula e Dilma. Foto: reprodução
O ministro Abraham Weintraub ironizou o caso do militar preso envolvendo os ex-presidentes Lula e Dilma. Foto: reprodução

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, também comentou o caso da prisão do segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, preso em Sevilha, na Espanha, transportando 39 quilos de cocaína em avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

Weintraub foi bastante enfático ao dizer que o militar preso não fazia parte do mesmo voo em que estava o presidente da República, Jair Bolsonaro, utilizando um tom irônico ao se referir a suposta colaboração do Partido dos Trabalhadores (PT) com o grupo terrorista das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

“Tranquilizo os ‘guerreiros’ do PT e de seus acepipes: o responsável pelos 39 kg de cocaína nada tem a ver com o Governo Bolsonaro. Ele irá para a cadeia e ninguém de nosso lado defenderá o criminoso. Vocês continuam com a exclusividade de serem amigos de traficantes como as FARC [Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia]”, escreveu o ministro.

Pouco mais de uma hora depois, Weintraub voltou a publicar em sua conta no Twitter, dessa vez para fazer uma crítica direta aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, o primeiro condenado por corrupção e a segunda afastada do cargo por crime de responsabilidade fiscal.

O ministro ironizou, comparando os ex-presidentes à cocaína apreendida pela polícia espanhola. “No passado, o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade. Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”, postou o ministro.

A publicação recebeu críticas, inclusive de simpatizantes do atual governo, como o jornalista Rodrigo Constantino. "Inacreditável um tweet desses do ministro da Educação. E olha que como todos sabem eu DETESTO Lula e Dilma e passei o governo todo deles atacando essa quadrilha. Mas há que se prezar um mínimo de liturgia do cargo!", postou ele em resposta ao ministro.

"Acho que não existe ninguém que tenha mais ódio da quadrilha petista do que eu, mas esse tipo de zoeira tem que ficar restrito a nós, "povão". Um Ministro tem que ser Ministro o tempo todo... Não ajuda em nada!", escreveu outro internauta.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas