Resposta

"Quem alinha discurso é bandido", diz Mourão ao defender Heleno, Netto e Ramos

A declaração de Mourão foi uma resposta ao que alguns críticos disseram sobre o depoimento dos três militares, sugerindo que eles haviam "alinhado" suas declarações para não prejudicar o governo Bolsonaro.

13/05/2020 09h59
Por: Will R. Filho
Reprodução: Google
Reprodução: Google

O vice-presidente Hamilton Mourão usou a sua rede social para rebater críticas feitas aos colegas de governo e de farda, os militares Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, Braga Neto, da Casa Civil, e Luiz Ramos da Secretaria de Governo.

"Quem alinha discurso é bandido. Homens de honra, como Augusto Heleno, Braga Netto e Ramos, falam a verdade e cumprem a missão", afirmou o vice-presidente.

A declaração de Mourão foi uma resposta ao que alguns críticos disseram sobre o depoimento dos três militares, sugerindo que eles haviam "alinhado" suas declarações para não prejudicar o governo Bolsonaro.

O vice-presidente tem sido mais enfático na defesa do Planalto nos últimos dias, após a renúncia de Sérgio Moro, o qual também já foi criticado por Mourão pela forma como saiu do governo. 

Em outra publicação Mourão sugeriu que o presidente Bolsonaro estaria sofrendo ataques injustos da oposição, dando a entender que crises internas, incluindo a provocada por Sérgio Moro, fariam parte desse conjunto orquestrado de ações contra o governo.

"A turma que perdeu a eleição em 2018 tem que deixar o presidente governar", afirmou o vice-presidente.