Marisa Lobo

"Infelizmente o caos dá mais Ibope", diz psicóloga Marisa Lobo sobre emissoras de TV

A psicóloga Marisa lobo voltou a criticar a forma como emissoras de TV têm abordado a pandemia do novo coronavírus no Brasil.

01/05/2020 16h01
Por: Will R. Filho
Marisa Lobo critica emissoras de TV. Reprodução: Google
Marisa Lobo critica emissoras de TV. Reprodução: Google

A psicóloga Marisa lobo voltou a criticar a forma como emissoras de TV têm abordado a pandemia do novo coronavírus no Brasil. A escritora do livro "Famílias Em Perigo" fez uma série de alertas sobre as consequências negativas da exploração midiática feita em alguns noticiários.

"Precisamos nos preocupar igualmente com a saúde mental e a economia que são igualmente geradoras de saúde ou doenças, já que a OMS tem se preocupado e alertado para o número de casos de depressão e suicídio no mundo", afirmou Marisa.

A psicóloga Marisa Lobo escreveu recentemente o livro "Estresse Ansiedade" [veja aqui], justamente para abordar questões relativas ao número de pessoas que enfrentam essas condições de ordem mental e social, apontando meios de lidar com esses problemas tanto em seu livro como nas dezenas de palestras que realiza por todo o Brasil.

"Pessoas morrem, adoecem e tiram suas vidas como consequência dessas duas dimensões (saúde mental e econômica). Temos que repensar Covid-19, a começar pelo pânico e caos gerados pela mídia", destacou Marisa em sua rede social.

"As #TVS têm que ser mais positivas, pois gerar pânico adoece. Boas noticias educam, geram responsabilidade, diminuem o medo, o estresse e a ansiedade. Tem muitas ações boas acontecendo, mas infelizmente o caos dá mais Ibope", concluiu a psicóloga cristã.

Em outra ocasião, Marisa Lobo repercutiu nas mídias ao dizer que a rede Globo estaria fazendo um "show televisivo" com a pandemia do novo coronavírus. A psicóloga cristã então fez um apelo para que a emissora noticie mais os aspectos positivos no enfrentamento da pandemia, em vez de promover o que para a especialista é o "caos".

"Faço um apelo para a mídia para que trate o assunto com mais cautela e equilíbrio. Apelo especialmente para a Rede Globo, que parece ter transformado a pandemia em um show televisivo", afirmou Marisa em outra ocasião.