Alienação

Toda ideologia consome e lhe desconfigura, não importa qual seja

Uma vez "cego", o ideólogo dificilmente consegue enxergar o objeto da própria cegueira.

23/04/2020 22h01
Por: Will R. Filho
Reprodução: Google
Reprodução: Google
Cuidado com às paixões ideológicas, não importam quais sejam. Por natureza, toda ideologia é alienante e tem algumas características peculiares, que listamos:
01 - Vítimas de uma ideologia aos poucos se sufocam com ela. Isto significa que, na prática, a ideologia vai ocupando todo o seu tempo, discurso, pensamento e atitudes;
02 - O resultado óbvio disso que é por consequência a vítima da ideologia é aos poucos descaracterizada enquanto pessoa. Isto significa que velhos costumes, gostos, pensamentos, etc., são aos poucos abandonados em função de uma nova postura diante do mundo;
03 - A vítima da ideologia desenvolve, talvez, o pior dos sintomas: cegueira intelectual. TODO ideólogo se torna um devoto da sua ideologia. Não há exceções! Isso, porque, ideologia é idolatria. Veja, por exemplo, o que diz o autor David Koyzis em sua excelente obra "Visões e Ilusões Políticas
Uma vez "cego", o ideólogo dificilmente consegue enxergar o objeto da própria cegueira. Se torna um dependente, uma vez que a ideologia assume um papel que vai muito além da mera identificação conceitual com um ideal. Ela ocupa o lugar de sentido na vida da vítima, razão pela qual pode ser visa como uma forma de adoração.