Invertida

"Se tivesse risco, vocês não vinham fazer sua reportagem", diz idoso para a Globo

"Então... o senhor não quis ficar em casa não, quis sair pra rua mesmo e fazer essa caminhada?", perguntou o jornalista.

15/04/2020 14h36
Por: Will R. Filho
Reprodução: Google
Reprodução: Google

Cenas de jornalistas - em especial da rede Globo, diga-se de passagem - sendo confrontados por cidadãos se tornaram mais comuns nos últimos dias, em parte por causa da rejeição popular às medidas de isolamento radical adotadas em alguns estados.

Em um dos casos resgatados pelos internautas esta semana, um jornalista da rede Globo no estado de Pernambuco foi questionar um idoso, aparentemente por ele e outras pessoas caminharem ao ar livre durante a quarentena do coronavírus.

"Então... o senhor não quis ficar em casa não, quis sair pra rua mesmo e fazer essa caminhada?", perguntou o jornalista em tom de crítica. O idoso de 79 anos, no entanto, rebateu de forma imediata: "Eu não acredito [que] nesse sol, nessa distância tenha algum risco".

"Não é possível, claro que não tem risco!", completou o cidadão, reforçando um raciocínio que parece muito obvio para a maioria das pessoas, a saber: que o problema não é estar ao ar livre, meramente, mas em aglomerações e sem tomar as medidas mínimas de proteção.

"Aqui nesse local não", destacou o idoso, exemplificando que não estava no "carnaval", nem em uma "boate". Por fim, ele foi taxativo em dizer ao jornalista que não há risco em caminhar livremente, "porque se tivesse risco, vocês não vinham fazer sua reportagem". Assista: