Educação

Aos 19 anos, brasileiro é o mais jovem do mundo a fazer Mestrado em Harvard

A conquista de Mateus Ribeiro se deu com muita dedicação e esforço pelos estudos

21/06/2019 09h23
Por: Will R. Filho
A conquista de Mateus Ribeiro se deu com muita dedicação e esforço pelos estudos
A conquista de Mateus Ribeiro se deu com muita dedicação e esforço pelos estudos

Mateus Ribeiro entrou na Universidade de Brasília aos 14 anos, após seus pais, ambos advogados, conseguirem uma autorização na justiça. O jovem também cursou direito e com apenas 18 anos foi o primeiro advogado do país a fazer uma sustentação oral em um processo no Supremo Tribunal Federal.

Agora, aos 19 anos, Mateus Ribeiro realizará outro grande feito. Ele conseguiu ser aprovado para cursar o Mestrado em Direito da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, uma das mais conceituadas instituições de ensino superior do mundo, se tornando o mais jovem do planeta a cursar um strictu sensu nessa instituição.

"As aulas começam em 16 de agosto, mas eu planejo já ir no dia 11 para me adaptar ao alojamento. A volta é só no ano que vem (2020), lá para maio", contou Ribeiro ao Correio.

"Eu estou muito animado, estudar em Harvard é um sonho que eu tenho desde pequeno, é a faculdade onde muito gente importante foi. É um sonho, que às vezes pareceu tão distante, mas eu consegui. Hoje eu não vou dormir", acrescentou o rapaz.

Mateus também comentou o sentimento dos pais: "Para eles eu acho que é um sentimento doce e amargo, porque vai ser um ano longe, mas eu acho que tem um sentimento de apoio coletivo porque sem eles eu naõ teria conseguido, eles me deram essa oportunidade de me fazer voar voos que eles mesmo não tiveram a oportunidade".

Mateus chegou a ser reprovado em um teste de inglês, exigido para entrar em Harvard, mas ele contou que isso apenas lhe fortaleceu, visto que ficou mais determinado. "Eu tive de provar para mim mesmo que ia me superar, que eu teria de passar por isso. Eu me senti muito decepcionado, é claro, mas foi um reforço para que continuasse".

"Eu acho que será um ambiente muito desafiador, mas o melhor ambiente é aquele que puxa as pessoas para cima. Eu quis estar nessa mesa, vai ser muito importante para minha formação", conclui o rapaz.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas