Tragédia no CT

Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo

Eles eram jogadores das categorias de base do clube e estão entre as 10 vítimas que morreram no incêndio desta manhã (8).

08/02/2019 18h20Atualizado há 3 meses
Por:
Fonte: R7

Já foram identificadas oito das vítimas do incêndio que deixou 10 mortos na manhã desta sexta-feira, no Centro de Treinamento do Flamengo: Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas; Athila Paixão; Samuel Thomas Rosa; Jorge Eduardo Pereira dos Santos; Bernardo Pisetta; Christian Esmério; Pablo Henrique da Silva Matos e Vitor Isaías.

  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
  • Veja quem são as vítimas da tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas

Amparo Legal

 

O site Opinião Crítica é uma mídia independente, onde se exercita com liberdade o pensamento crítico. Estando em plena vigência do Estado Democrático de Direito, se respalda juridicamente nas prerrogativas constantes nos incisos IV e IX do artigo 5º da Constituição Federal, dos quais verifica-se que “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato” (inciso IV) e “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença” (inciso IX). Saiba mais aqui.