Bolsonaro

Bolsonaro: "Povo que esquece o seu passado está condenado a perder a sua liberdade"

Bolsonaro fez uma crítica ao apoio do ex-presidente Lula ao programa nuclear do Irã

09/01/2020 16h16
Por: Will R. Filho
Lula defendeu o programa nuclear iraniano, em 2009. Reprodução: Google
Lula defendeu o programa nuclear iraniano, em 2009. Reprodução: Google

O presidente Jair Bolsonaro usou as suas redes sociais para fazer uma crítica irônica ao ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, tendo como pano de fundo o conflito entre os Estados Unidos e o Irã, desencadeado na última semana.

Bolsonaro publicou uma foto de Lula ao lado do ex-presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, publicada em 2009 pelo jornal O Globo. Na ocasião, Lula defendeu a "democracia e direito do Irã a desenvolver energia nuclear".

A manifestação de apoio ao líder iraniano fez com que Bolsonaro insinuasse o apoio do Partido dos Trabalhadores (PT) ao terrorismo islâmico. "O povo que esquece o seu passado está condenado a perder a sua liberdade", escreveu o presidente brasileiro.

Na sequência, Bolsonaro citou o artigo 4° da Constituição Federal, onde está escrito que "o Brasil defende a paz e repudia o terrorismo". A manifestação do presidente ocorreu logo após o discurso do chefe de Estado americano, Donald Trump, nesta quarta-feira (08).