Partidos

"Orgulho ser expulso do Podemos por defender o presidente Bolsonaro", diz Feliciano

"[Álvaro Dias] age como PT e aposta no quanto pior melhor", disse o parlamentar

06/01/2020 17h52
Por: Will R. Filho
"[Álvaro Dias] age como PT e aposta no quanto pior melhor". Reprodução: Google

O deputado federal Marco Feliciano (sem partido) usou suas redes sociais para criticar a decisão do seu ex-partido, o Podemos, de lhe expulsar da legenda por "infidelidade partidária". Um dos líderes do governo no Congresso, o pastor pentecostal disse estar orgulhoso pelo acontecido.

"Orgulho ser expulso do Podemos por defender o pres. @jairbolsonaro!", escreveu Feliciano, comparando na sequência o presidente do partido, o senador Álvaro Dias, ao modus operandi do Partido dos Trabalhadores. 

"[Álvaro Dias] age como PT e aposta no quanto pior melhor. Invés d apoiar governo sem escândalos d corrupção e q está tirando o país do atoleiro, só pensa em ser presidente da República", disparou Feliciano ao compartilhar uma nota à imprensa onde explica o motivo da sua expulsão.

"Fui expulso por infidelidade partidária. Por fazer campanha para o presidente Bolsonaro em 2018. Qualquer outro motivo é fake news. Basta ler o ato de expulsão", diz a nota do parlamentar. Leia na íntegra abaixo:

Nota de Marco Feliciano após expulsão do Podemos
Nota de Marco Feliciano após expulsão do Podemos

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.