Havan

"Foi um ato de terrorismo", diz Luciano Hang sobre incêndio em estátua da sua loja

"Não podemos aceitar esse tipo de ato como uma coisa normal", disse Luciano Hang

31/12/2019 13h24
Por: Will R. Filho
"Não podemos aceitar esse tipo de ato como uma coisa normal"

O empresário Luciano Hang se manifestou sobre o incêndio em uma das suas lojas da rede Havan na madrugada desta terça-feira (31). Na ocasião, a estátua que é símbolo da rede varejista ficou completamente destruída pelo fogo.

"Fomos vítimas de terrorismo. Isso mesmo. Tocaram fogo na nossa estátua da liberdade. Querem nos calar. Não tem propostas. Não tem argumentos, e ai partem para a ignorância", disse o empresário em um vídeo publicado em suas redes sociais.

Luciano Hang anunciou que fará outro vídeo na tarde de hoje para tratar em detalhes o assunto. Ele deu entender que já existe a confirmação da motivação criminosa para o incêndio. "Vocês já conhecem quem faz esse tipo de coisa", disse ele.

"Vou fazer uma live e mostrar a vocês o que aconteceu. Um verdadeiro absurdo. Um ataque à democracia brasileira", destacou o empresário. "Não podemos aceitar esse tipo de ato como uma coisa normal", concluiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.