Jair Bolsonaro

Bolsonaro publica vídeo-retrospectiva de ataques contra ele: "Não pode ser esquecido"

"Esses mesmos atores continuam ressentidos, e tudo fazem para sabotar o Governo", declarou o presidente.

28/12/2019 17h36
Por: Will R. Filho
"Um passado que não pode ser esquecido", disse o presidente. Reprodução: Google

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, publicou um vídeo com uma retrospectiva de ataques contra ele no ano de 2018. O conteúdo mostra uma série de mídias, grandes empresas de jornalismo e personalidades públicas criticando a sua candidatura à presidência do Brasil e prevendo a sua derrota de maneira fácil nas urnas.

"Um passado recente que não pode ser esquecido", escreveu o presidente em sua rede social. "Esses mesmos atores continuam ressentidos, e tudo fazem para sabotar o Governo", completou, indicando na sequência, mas de forma implícita, que o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel se tornou uma das figuras de oposição ao seu governo no presente.

"Novos personagens, agora do Rio de Janeiro, se unem a esses de ontem, com a mesma intenção: caluniar, difamar, desgastar o Presidente Jair Bolsonaro", destacou o presidente. 

Bolsonaro já acusou publicamente Witzel de querer prejudicá-lo por causa de interesses na eleição presidencial de 2022. O governador do Rio, por sua vez, embora negue tais acusações, já declarou reiteradamente que presente ser o futuro presidente do Brasil, inclusive fazendo críticas a Bolsonaro.

O vídeo publicado pelo presidente, no entanto, chama atenção pela quantidade de previsões feitas contra a vitória de Bolsonaro na eleição de 2018, muitas das quais com elevado grau de "certeza". Além dos adversários políticos, jornalistas e também pesquisas de intenção de voto aparecem na gravação. Assista:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.