Cobrança

Bolsonaro: "Se eu fizer 99 coisas favoráveis e uma contra, vocês querem mudar”

"Eu não posso ser escravo de todo mundo", disse o presidente

27/12/2019 07h28
Por: Will R. Filho
Bolsonaro demonstrou frustração com críticas infundadas, segundo ele. Reprodução: Google
Bolsonaro demonstrou frustração com críticas infundadas, segundo ele. Reprodução: Google

O presidente Jair Bolsonaro reagiu aos críticos em sua live semanal na última quinta-feira (27), após ele não ter vetado uma emenda ao pacote anticrime sancionado esta semana, a qual institui o "juiz de garantia".

“O que me surpreende é 1 batalhão de internautas constitucionalistas, juristas para debater o assunto. E muitas vezes falam que eu traí, que não votam mais e ligam à alguma coisa familiar. Me desculpa aqui, sai fora da minha página, se não sair eu vou para o bloqueio", falou Bolsonaro em tom de irritação.

O presidente fez distinção entre os críticos que só falam "abobrinha", dos que realmente querem contribuir para a sua gestão. "Aceito críticas fundamentadas, mas há muita gente falando abobrinha. Vai ver o perfil, 70% é de esquerda e 30% é de gente nossa – que votou em mim, mas que está sendo levada pelo momento”, disse ele.

O presidente lembrou que muitos lhe criticam como se apenas um erro ou decisão equivocada, suspeita, fosse o suficiente para se opor ao governo, desconsiderando que outras inúmeras decisões positivas já foram tomadas, às quais pesam muito mais na balança de avaliação da sua gestão.

"Se te prejudicar, é simples, não vota mais em mim", falou o presidente, ainda se referindo ao juiz de garantia. "Afinal de contas, se eu fizer 99 coisas favoráveis a vocês e uma contra, vocês querem mudar", completou, concluindo que as suas decisões não podem agradar a todos, mas que está preocupado com o eleitor.

"É lógico que estou preocupado com voto do eleitor, em fazer o bem para o próximo e em agradar. Mas eu não posso ser escravo de todo mundo. Muita gente defende o juiz de garantias”, disse ele.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.