STF

"Sindicalista que bebe e tem delírios assassinos", diz Gilmar Mendes sobre Janot

"Precisamos qualificar mais as nossas indicações”, disse o ministro ao criticar Janot

23/12/2019 18h15
Por: Will R. Filho
Gilmar Mendes critica novamente o ex-PGR Rodrigo Janot. Reprodução: Google
Gilmar Mendes critica novamente o ex-PGR Rodrigo Janot. Reprodução: Google

Os rumores entre o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, e o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, voltou a ser notícia após uma entrevista para o jornal Valor Econômico nesta segunda-feira (23). 

Mendes criticou o ingresso de Janot na procuradoria-geral da República, classificando o ex-PGR como alguém que padece de "delírios". Insinuou ainda que Janot teria problemas com bebidas alcoólicas e fez uma associação pejorativa com a classe sindicalista.

“Essa é uma lição para todos nós: precisamos qualificar mais as nossas indicações”, disse Mendes ao ser questionado se realmente acreditava que Janot teria entrado armado no STF, conforme uma confissão feita por ele meses atras. Na ocasião, o ex-PGR disse que a intenção seria matar o ministro.

“Não vou falar sobre isso, mas fico com uma pena imensa do Brasil de ter tido alguém como ele na PGR. Por ali passaram pessoas de muita envergadura, que depois foram, inclusive, ministros do Supremo", disse Mendes.

"Quando se vê que o cargo é ocupado por um sindicalista que bebe e tem delírios assassinos, é preocupante”, concluiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.