Netflix

Maior portal conservador do Canadá/EUA repercute zombaria da Porta dos Fundos

O site Life Site News destacou o ato de desrespeito da Porta dos Fundos à fé dos cristãos

13/12/2019 13h45Atualizado há 1 mês
Por: Will R. Filho
Life Site News é um dos maiores portais conservadores do Canadá, com maior audiência nos EUA
Life Site News é um dos maiores portais conservadores do Canadá, com maior audiência nos EUA

O ato de zombaria do canal Porta dos Fundos contra os cristãos do Brasil não repercutiu negativamente apenas nas terras tupiniquins. O maior portal de notícias conservador do Canadá que possui grande audiência dos Estados Unidos, o Life Site News, também retratou o episódio como lamentável.

"A Netflix lançou um blasfêmia 'especial de Natal' que retrata Jesus como homossexual e a Virgem Maria como adúltera, levando mais de um milhão de pessoas a assinar uma petição para que o filme seja removido do popular serviço de streaming", diz uma parte da matéria. 

O pastor e deputado federal Marco Feliciano também foi citado como alguém que "lamentou que os tribunais tenham decidido contra a proibição de produções da Porta dos Fundos em prol da 'liberdade de expressão'. Feliciano está buscando 'uma ação conjunta das igrejas e boas pessoas para parar' o grupo", destaca o site.

O Life Site News é conhecido também como um portal católico, mas que ultimamente se tornou um grande crítico do Papa Francisco. Em sua matéria contra a Porta dos Fundos, ele cita a reação dos evangélicos contra a Netflix.

"Uma organização que reúne dezenas de comunidades cristãs evangélicas no Brasil, o Coalizão pelo Evangelho, ou a Coalizão do Evangelho, também denunciou o vídeo.

No site da organização, o pastor Joel Theodoro, da Igreja Presbiteriana Imperial do Bairro do Rio de Janeiro, escreveu que cancelou sua assinatura do Netflix porque o vídeo constitui uma "humilhação ao Senhor", diz o texto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.