Dilmês

De todos os ex-presidentes, Dilma foi a que mais custou aos cofres públicos em 2019

A estrutura campeã de gastos em 2019 foi a de Dilma, que demandou até outubro um total de R$ 1.077.589,41

05/12/2019 14h10
Por: Opinião Crítica
Fonte: Metrópoles
Apesar do absurdo, os valores são garantidos pela Lei nº 7.474/1986. Reprodução: Google
Apesar do absurdo, os valores são garantidos pela Lei nº 7.474/1986. Reprodução: Google

No Brasil, cada ex-presidente da República tem direito a carro oficial e uma equipe de oito servidores, entre motoristas, seguranças e assessores, com salários e custos de viagens pagos pela União.

Atualmente, todos os ex-líderes fazem uso dos benefícios descritos na Lei nº 7.474/1986 e ajustados pelo Decreto nº 6.381/2008. Neste ano, as estruturas deles custaram, ao total, R$ 3.925.623,92 aos cofres públicos.

Os dados foram disponibilizados via Lei de Acesso à Informação (LAI) pela Presidência da República e divulgados pela agência Fiquem Sabendo. Na lista, estão José Sarney (MDB), Fernando Collor (PTC), Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB).

A estrutura campeã de gastos em 2019 foi a de Dilma, que demandou até outubro um total de R$ 1.077.589,41.

Esse valor inclui despesas com os salários da equipe (R$ 573.806,89), diárias e passagens dos servidores (R$ 488.208,14), manutenção e seguro do veículo oficial (R$ 1.585,47) e cartão corporativo (R$ 13.988,91). (Com informações: Metrópoles).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas