Violência

Marido da deputada Flordelis, com quem tinha 55 filhos, é assassinado em casa

Crime bárbaro contra a família de Flor de Lis ocorreu na madrugada deste domingo

17/06/2019 09h48
Por: Opinião Crítica
Violência no Rio de Janeiro vitima o esposo de Flordelis
Violência no Rio de Janeiro vitima o esposo de Flordelis

Um crime bárbaro ocorreu na madrugada deste domingo (16/06/2019) em Niterói, na casa da deputada federal em seu primeiro mandato, Flordelis, conhecida por seu grande trabalho social em prol de crianças e adolescentes. Seu marido, o pastor Anderson, foi assassinado com 15 tiros de fuzil dentro da própria casa, por volta das 4h, quando o casal acabara de chegar na residência.

A Delegacia de Homicídios de Niterói (DHNSG) investiga o acaso, mas até o momento há suspeitas de que o assassinato pode ter sido encomendado. “A deputada teve a sensação que estava sendo seguida por duas motos. Quando já alojados em sua residência, foi relatado que o mesmo (a vítima) voltou na garagem dizendo que ia buscar algo que havia esquecido no carro e que logo depois foram ouvidos os tiros. Em seguida, familiares desceram e o encontraram baleado próximo ao carro”, diz o registro policial, informou O Globo.

Flordelis e Anderson são pais de 55 filhos, sendo quatro biológicos. Em 2009 a história do casal se tornou filme, "Flordelis – Basta Uma Palavra para Mudar", dirigido por Marco Antônio Ferraz e Anderson Corrêa. Eles moravam comunidade do Jacarezinho quando adotaram de uma só vez 37 crianças que sobreviveram a uma chacina, ocorrida na estação Central do Brasil.

O pastor e deputado Marco Feliciano, que é amigo dos familiares, comentou o assassinato do amigo destacando o importante papel social desempenhado por ele e Flordelis: “Estou em estado de choque. O pastor Anderson e a deputada Flor representam o que há de mais humano na sociedade, pais adotivos de dezenas de filhos. A violência no RJ assusta”, disse o líder do governo no Congresso, segundo o Metrópoles.

A ministra de Direitos Humanos do governo Bolsonaro, Damares Alves, também comentou o incidente em suas redes sociais: "O pastor Anderson e a Flor estavam muito proximos do nosso Ministerio com o tema adoção. Como Pastora e amiga, oro ao Senhor para que o doce Espirito Santo possa abraça-la e a ajude a passar por este momento de tanta dor".

 

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas