O presidente Donald Trump voltou a se manifestar sobre a pandemia do novo coronavírus, citando a China como possível responsável pela disseminação em larga escala do vírus no mundo.

O americano levantou a suspeita de que a China poderia ter contido a Covid-19 logo no início do surto, o que teria evitado a propagação do mesmo e suas consequências no mundo inteiro.

“Estamos fazendo investigações muito sérias. Não estamos felizes com a China”, disse Trump durante uma entrevista na Casa Branca. “Há muitas coisas pelas quais ela pode ser responsabilizada.”

“Acreditamos que poderíamos ter impedido isso na fonte. Poderíamos ter impedido que se espalhasse tão rápido e não se propagaria por todo o mundo”, completou o americano, segundo informações da EBC.

“Na semana passada, o secretário de Estado, Mike Pompeo, disse que os Estados Unidos ‘acreditavam fortemente’ que Pequim falhou em informar o surto do coronavírus em tempo razoável e acobertou o perigo da doença respiratória causada pelo vírus”, informo a agência.

A declaração de Trump reforça a ideia de muitos críticos sobre a origem da pandemia. Recentemente um pesquisador, responsável por descobertas importantes sobre o vírus do HIV, chegou a dizer que a Covid-19 teria sido resultado de um acidente de laboratório. Veja aqui.