Superprodução da Record, novela “Gênesis” poderá ameaçar domínio da Globo

A Rede Record estreou na terça-feira a novela “Gênesis”, que visa contar a história da criação humana segundo os relatos do primeiro livro da Bíblia cristã. A promessa é de que será uma superprodução com requintes de uma série grandiosa, a qual poderá ameaçar o domínio de audiência da Globo para a faixa de horário.

“As primeiras imagens revelam que ‘Gênesis’ supera as novelas da rival Globo em impacto visual. A RecordTV é, hoje, o único canal brasileiro a investir em produções grandiosas com investimento quase ilimitado”, avalia o roteirista Jeff Benício, do portal Terra.

A Record tem investido pesado nas produções bíblicas. Seu primeiro grande sucesso foi a novela “Os 10 Mandamentos”, que também virou filme. O clima é favorável, dado o aumento do conservadorismo e a maior evidência para o cristianismo no debate público.

Além disso, a forte reação popular contra a Rede Globo devido a causas políticas e pautas morais também contribui para a “migração” de audiência para a emissora do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, que apesar de criticado no âmbito teológico, é visto como um grande rival da família Marinho.

“O elenco conta com 200 atores. No total, 800 profissionais trabalham na produção. A trama com previsão de 150 capítulos está sendo escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, e tem direção geral de Edgard Miranda”, diz Benício, que crava: “É bom a Globo começar a rezar.”