“Única saída para o traidor”, diz Feliciano sobre a demissão de Mandetta

O deputado federal Marco Feliciano comentou a demissão do agora ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta, anunciada nesta quinta-feira. Para o parlamentar, a saída foi consequência do que considera uma “traição” do médico.

“Meus efusivos parabéns ao Pr. Bolsonaro por demitir Mandetta. Há semanas eu dizia ser essa a única saída para o traidor”, escreveu Feliciano em sua conta no Twitter.

“No ministério, só defendeu os interesses do seu partido – DEM. Ainda vai aparecer muita coisa… Mas o Presidente sabia a hora certa de fazer!”, completou o parlamentar, considerado um dos aliados mais fiéis do Planalto no Congresso.

Ao anunciar a sua demissão, Mandetta agradeceu a sua equipe e desejou “êxito” ao seu novo substituto, o oncologista Nelson Teich. “Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia”, afirmou o ex-ministro.

“Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país”, completou.