A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) concedeu uma entrevista ao “Direto ao Ponto”, da Jovem Pan, onde defendeu a posição do presidente Jair Bolsonaro no tocante ao tratamento precoce durante a pandemia do novo coronavírus.

“O presidente tinha razão”, disse ela ao contrapor a posição de Bolsonaro em relação a de Mandetta, ex-ministro da saúde no começo da pandemia. Segundo a deputada, o incentivo ao tratamento precoce foi algo que hoje os médicos reconhecem.

No tocante ao uso da cloroquina, Janaína frisou que não chegou a usar o medicamento, mas rebateu a ideia de que o mesmo não possui comprovação científica. Ela lembrou que a droga já é utilizada há 70 anos, enquanto que as vacinas que estão sendo desenvolvidas atualmente, por exemplo, não.

“Jamais defendi a cloroquina, mas eu tenho um pouco de preocupação com a terminologia científico, é ideológico dizer que é científico ou que não é científico. Não consigo achar que ele [Bolsonaro] tenha errado tanto no mérito, mas erra na forma reiteradamente.” Assista: