A deputada Janaína Paschoal se manifestou de forma contrária ao chamado “lockdown”, ou isolamento total da população, proposto em algumas cidades do país, especialmente em São Paulo, epicentro do novo coronavírus no Brasil.

“Apoio a antecipação de TODOS os feriados para este período de isolamento, mas não o lockdown. A população já está padecendo os resultados das privações impostas, não vejo contexto para endurecimento. Reconheço a gravidade da situação, mas a ponderação sempre é mais eficaz!”, escreveu Janaína em sua rede social.

A proposta de antecipação dos feriados está sendo estudada pelo governador João Doria, e o prefeito Bruno Covas, com o objetivo de ampliar ainda mais o isolamento social em decorrência da pandemia.

“A expectativa é de que o projeto possa ser analisado em regime de urgência e possa ter a aprovação majoritária dos deputados da Assembleia Legislativa do estado de São Paulo”, disse Doria.

O governador, no entanto, vem sofrendo inúmeras críticas por causa da sua posição em prol do isolamento social radical, assim como a sua decisão de não querer adotar um novo protocolo de saúde quem vem sendo elaborado pelo governo federal, a fim de ampliar o uso da cloroquina no tratamento da covid-19.

“Quero dizer que não se prescreve receita por decreto. São Paulo não vai aceitar que, por decreto, se estabeleça receituário médico. Nenhuma parte do mundo se trata saúde por decreto ou medida de ordem política”, disse Doria, segundo o Partido Brasil.