China alerta sobre surto de “pneumonia desconhecida” mais mortal que o Covid-19

Após anunciar a descoberta de um novo vírus em porcos com a capacidade de causar uma nova pandemia, a China emitiu alerta sobre uma nova “pneumonia desconhecida” que já matou 1.772 pessoas no primeiro semestre deste ano, sendo 628 delas apenas em junho no Cazaquistão.

“Essa taxa de mortalidade da doença é muito maior que a da covid-19 e as autoridades do Cazaquistão estão conduzindo um estudo comparativo do vírus sobre o qual ainda não há definição”, afirmou a embaixada chinesa, segundo o jornal South China Morning Post, noticiado pela Exame.

O alerta partiu da embaixada chinesa no Cazaquistão. Todavia, O ministro da Saúde do Cazaquistão, Alexei Tsoi, negou a informação divulgada pela embaixada, explicando que o número de mortos divulgado abrange todo tipo de pneumonia.

A Organização Mundial da Saúde também não reconheceu a existência da nova “pneumonia desconhecida”, mas apenas do Covid-19. Estes fatos, contudo, chamam atenção para a divulgação desse alarme na embaixada chinesa do Cazaquistão.

A Global Times noticiou a mesma informação, mas em tom diferente da Exame. “O ministro da saúde do Cazaquistão disse na quarta-feira que o número de pacientes doentes pela pneumonia é duas a três vezes maior do que aqueles que foram infectados com o COVID-19, informou a agência de notícias do Cazaquistão Kazinform”, diz a mídia.

“O ministro disse que planeja publicar registros precisos de casos confirmados já na próxima semana, observando que, embora não seja necessário publicar o número, o público precisa conhecer a verdadeira situação, relatou Kazinform”, acrescenta.

Ainda segundo o editorial, a suposta “pneumonia desconhecida” provocou milhares de reações na internet desde a última quinta-feira (09), quando o comunicado da embaixada chinesa no Cazaquistão foi feito.

Até o momento, mais de 370 milhões de internautas leram posts com a hashtag “pneumonia de causa desconhecida relatada no Cazaquistão” no Sina Weibo, da China. “O que aconteceu com a Terra em 2020? Primeiro, o COVID-19 e agora outra pneumonia? Tudo o que queremos para o ano é viver em segurança”, escreveu um internauta.

O jornal Daily Mail publicou: “‘Pneumonia desconhecida mais mortal que o coronavírus’ está varrendo o Cazaquistão, afirma embaixada chinesa à medida que surgem vídeos de famílias fazendo fila para recolher corpos do necrotério”

O tom alarmista, contudo, é amenizado no decorrer da matéria, onde a posição do governo do Cazaquistão é trazida à tona: “O Ministério da Saúde do Cazaquistão insistiu na sexta-feira que a alegação de pneumonia chinesa ‘não era verdadeira’, apesar de um aumento aparente de casos não confirmados como coronavírus”, diz o texto.

Chama atenção o fato de um alarme de extrema gravidade ter sido emitido pela embaixada de um governo, ao mesmo tempo em que outro nega que exista a tal “pneumonia desconhecida”.

Esses elementos precisam ser melhor apurados, uma vez que o desencontro de informações não colabora em nada para a situação atual de uma sociedade que já vive os efeitos desastrosos da pandemia do novo coronavírus. Abaixo, o vídeo citado pelo Daily Mail: