Ativistas exibem ultrassom 4D de bebê em um telão na avenida da "capital do aborto"

Ativistas exibem ultrassom 4D de bebê em um telão na avenida da "capital do aborto"

A questão sobre o direito à vida no ventre materno ganhou destaque neste fim de semana na Times Square de Nova York. Em seu primeiro evento "Alive from New York", a organização pró-vida Focus on the Family deu uma grande demonstração de apoio na proteção aos nascituros.

Houve apresentações ao vivo e discursos, mas o momento principal foi a transmissão de uma ultrassom 4D ao vivo. O ultrassom foi realizado em Abby Johnson, ex-diretora da clínica abortista Planned Parenthood, que agora é uma ativista pró-vida e a pessoa que inspirou o filme "Unplanned", ou "Não Planejado".


"Isso é um bebê! Isso aqui é um bebê. Isso aqui é um bebê! Não é um gato. Não é um parasita. Este é um ser humano com um batimento cardíaco, com seu próprio DNA separado do meu corpo. E esse bebê merece viver", disse Johnson à multidão reunida na aveinda.

O evento foi realizado em resposta à decisão de Nova York e outros estados de legalizar o aborto até o momento do nascimento. A Focus on the Family contabilizou 10.000 pessoas presentes no evento, mas não foi apenas pessoas pró-vida que apareceram.


"Você é odioso! Saia da nossa cidade!" gritou um grupo grande de manifestantes do outro lado da rua.

Inicialmente, o grupo pró-vida idealizou utilizar os outdoors na Times Square para transmitir o ultra-som, mas Jim Daly, presidente do grupo, disse à CBN News que a ideia deles não foi aprovada pelas empresas donas dos equipamentos publicitários.

"Bem, nós tivemos 12 semanas para planejar o evento, então fomos direto para os jumbotrons para ver se poderíamos alugar o espaço e inicialmente todos eles disseram sim de maneiras diferentes", explicou ele. "E então, quando começamos a descrever o que íamos fazer, eles começaram a não retornar ligações ou dizer que isso seria muito político e que não se sentiriam à vontade com isso".


Ainda assim, o evento acabou por ser o maior evento pró-vida já realizado na Big Apple.

O estado de Nova York é considerado por alguns como a "capital do aborto", mas outros sete estados e o Distrito de Colúmbia também não têm restrições sobre o aborto tardio. Assista o vídeo abaixo:



COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.