Venezuela para você, Nova York para mim - Caetano conta como é trabalhar nos EUA

Caetano Veloso, conhecido por defender lideranças da esquerda política, desfrutando Nova York no império capitalista dos EUA. Imagem: Globo News

"Eu adoro Nova York... Nova York tem uma paz", teria dito Caetano Veloso, segundo a jornalista Candice Carvalho, durante uma entrevista com o cantor e compositor em "sua casa" nos Estados Unidos, para falar de como é trabalhar ao lado dos seus filhos.

Caetano estará nos Estados Unidos entre março e junho, como parte da sua turnê internacional chamada "Ofertório" (bem sugestivo!).

Além do "império capitalista americano", segundo o BR Music Exchange, o compositor também estará no Chile, Argentina, Suíça e Alemanha.


Na entrevista concedida nos EUA, para a correspondente da Globo News, Caetano falou sobre o sentimento de trabalhar ao lado dos filhos, Moreno, Zeca e Tom, comemorando a boa aceitação do público e a performance dos pupilos.

Saindo da esfera artística e trazendo o tema para o cenário político-cultural, a presença de Caetano Veloso e outros como ele, que possuem os mesmos ideais políticos, nos Estados Unidos, realizando atividades, provavelmente, altamente lucrativas, soa de forma muito incoerente.

Onde está a coerência em criticar a exploração capitalista norte-americana, apoiando grupos como o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), que vangloriam a "revolução socialista" em países como Venezuela e Cuba?


"O governo e a justiça foram organizados para beneficiar um pequeno grupo de gente muito rica, que é a classe capitalista. Os patrões, proprietários de terra e banqueiros têm o poder por terem dinheiro. E têm dinheiro por explorarem nosso trabalho", informa o MTST, que contou com o show beneficente de Caetano em dezembro de 2017, em São Paulo, durante uma manifestação.

"O show aconteceu após a justiça impedir uma apresentação de Caetano em uma grande invasão feita pelo MTST na cidade de São Bernardo do Campo, no Grande ABC paulista, em outubro", informa o IlisSP, que em seguida destaca como é, na prática, o ideal socialista trocado em miúdos pelo que representa o título dessa matéria: Venezuela para você, Nova York para mim.


"Ironicamente, Caetano Veloso é o exato oposto de um sem-teto. O músico e sua esposa, Paula Lavigne, moram no segundo apartamento mais caro do Brasil, localizado no Edifício JK, na orla da Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro – RJ, avaliado em R$ 27 milhões. O casal também possui um apartamento na East Village, em Nova Iorque, avaliado em R$ 33 milhões".

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.