Saiba quem são os "sem terrinhas", crianças do MST aliciadas pela esquerda

Crianças do "sem terrinha", movimento do MST que manipula crianças em prol de causas políticas. Reprodução: Google

Se você deseja entender o significado prático de alienação ideológica, basta conhecer em detalhes o movimento dos "sem terrinhas", idealizado pela esquerda através do Movimento Sem Terra (MST), para aliciar crianças visando a perpetuação do conflito de classes e a consequente implantação de um regime político socialista no Brasil.

Composto por milhares de crianças que mal aprenderam a soletrar a palavra "ideologia", o movimento controlado por militantes adultos vai além de qualquer orientação educacional básica, quer seja escolar ou moral, fazendo nada mais do que a instrumentalização de mão de obra infantil em nome de uma causa político-partidária.



Em termos práticos, não difere em nada de qualquer regime comuno-socialista, que desde cedo é ensinado como uma espécie de religião, com direito ao louvor de figuras políticas ligadas à esquerda, gritos de guerra e manuais de conduta.

Tudo isso faz parte, também, dos "sem terrinhas", que recentemente obtiveram o apoio do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo, segundo uma denúncia feita pelo Movimento Psicólogos em Ação. Segundo a denúncia, o CRP-SP financiou uma das atividades do grupo, pagando seu transporte, no valor de R$ 3.600,00 reais.



A Rede Record fez uma matéria especial abordando a história e práticas do grupo, no ano passado, apresentando cenas revoltantes de como milhares de crianças pelo Brasil estão sendo manipuladas em prol de interesses escusos, sendo violadas em seus direitos infantis em nome de uma doutrinação política.

Assista a reportagem no vídeo abaixo:



COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.