"O mundo precisa levantar-se contra a perseguição e opressão aos cristãos", diz Araújo

Ernesto Araújo condena ataques em Sri Lanka e fala de perseguição aos cristãos

Ernesto Araújo, ministro de Relações Exteriores no governo de Jair Bolsonaro (PSL), afirmou neste domingo (21) que o “mundo precisa levantar-se contra a perseguição e opressão contra os cristãos” em suas redes sociais.

Araújo comentou os atentados em Sri Lanka que resultaram na morte de quase 300 pessoas de maioria cristã, provocados por um grupo terrorista islâmico conhecido como National Thowheeth Jama'ath, conforme informações de outra matéria.


 O ministro foi replicado pelo filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, que também disse se tratar de um ato de "cristofobia", questionando o motivo pelo qual o mundo, leia-se: grande mídia, parece ignorar essa realidade.

"Neste domingo de Páscoa, no Sri Lanka, mais de 200 cristãos pagaram com a vida pela sua fé no Cristo, e amanhecerão com Ele no paraíso. O martírio faz parte da fé. Mas o mundo precisa levantar-se contra a perseguição e opressão aos cristãos", escreveu Ernesto Araújo no Twitter.


Eduardo Bolsonaro, por sua vez, disse que os “cristãos são muito perseguidos em outros países, em que pese ninguém falar em cristofobia”.

O presidente Bolsonaro também lamentou o ocorrido e condenou à natureza dos ataques, destacando que "mesmo neste dia sagrado, o extremismo deixa rastros de morte e dor. Em nome dos brasileiros, condeno os ataques que deixaram centenas de vítimas no Sri Lanka, inclusive em igrejas, onde se celebrava a Ressurreição de Cristo. Que Deus possa confortar os que agora sofrem!".

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.