URGENTE: Dallagnol denuncia abertura de processo contra ele por críticas ao STF

URGENTE: Dallagnol denuncia abertura de processo contra ele por críticas ao STF

O procurador da República e coordenador nacional da operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, irá responder a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) por declarações feitas contra integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o procurador, suas críticas foram emitidas durante uma entrevista para a rádio CBN. O processo é divulgado poucos dias após os ministros Dias Toffoli e Alexandre de Moares serem fortemente criticados por juristas devido a um inquérito polêmico envolvendo supostas "fake news" contra a Corte.



"Hoje o Conselho Nacional do Ministério Público abriu Procedimento Administrativo Disciplinar contra mim, em razão de críticas feitas a decisões de Ministros do STF em entrevista à rádio CBN", escreveu Dallagnol em sua rede social.

Na ocasião da entrevista, Dallagnol sugeriu que os ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli atuavam como uma "panelinha" ao lidar com alguns processos na Suprema Corte.


"Os três mesmos de sempre que tiram tudo de Curitiba e que mandam tudo para a Justiça Eleitoral e que dão sempre habeas corpus, que estão sempre formando uma panelinha assim que manda uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção", disse Deltan.

Poucos minutos atrás, o procurador lamentou estar sendo vítima da ação disciplinar. "Examinando os mesmos fatos, o Conselho Superior do Ministério Público Federal havia entendido que não havia falta disciplinar. É o primeiro PAD contra mim em 13 anos como procurador da República.



Disponibilizo no link abaixo a minha defesa. Foi uma crítica de autoridade pública, contra decisões de autoridades públicas, em matéria de interesse público, o que entendo ser um dos núcleos fundamentais da liberdade de expressão. Como coloco na defesa, fiz ressalva expressa, na própria entrevista, no sentido de que não estava imputando má-fé a ninguém, mas fazendo uma análise objetiva", conclui.

Para a cessar (fazer o download) a defesa do procurador, disponibilizada por ele mesmo, clique aqui.

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.