Bolsonaro e Michelle vão à casa de menina vítima de fake news em bairro humilde do DF

Bolsonaro encontra Yasmin Alves

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, esteve na manhã deste sábado na casa de Yasmin Alves, no bairro Estrutural, área humilde de Brasília, acompanhado da sua esposa, a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

"Conheci nesta manhã a casa da Yasmim e família, na Estrutural, área pobre do DF. Retribuí a agradável visita ao Palácio do Planalto", escreveu o presidente em suas redes sociais, se referindo à ao encontro que teve com a criança e seus pais na última quinta-feira (25), em seu gabinete presidencial.


"Que Deus abençoe esta família e a vida desta doce e educada menina. Que possamos construir um futuro melhor para ela e todas as crianças do Brasil!", disse Bolsonaro.

Yasmin Alves, de 8 anos, foi alvo de uma notícia falsa ("fake news") criada pelo jornal o Estado de S. Paulo, na qual ela teria se recusado a cumprimentar o presidente. Após a repercussão da matéria, o Estadão retirou a notícia do ar e publicou uma nota reconhecendo o engano.


Na ocasião, Bolsonaro perguntou se Yasmin torcia pelo Palmeiras, e ela respondeu que não, por ser flamenguista. Devido a repercussão negativa da matéria, a criança ficou muito abalada, ficou chorando e com medo de ir para à escola.

"Ele [Bolsonaro] perguntou quem era palmeirense e eu balancei a cabeça dizendo que não era”, explicou Yasmin, que é torcedora do flamengo. “Fico muito triste porque as pessoas estão falando mal de mim, que sou mal-educada”.


Bolsonaro também comentou o episódio criticando o ativismo da mídia contra ele. "Destroem a ingenuidade de uma criança como ferramenta apenas para me atingir, o que afetou sua rotina e gerou muito desconforto", twittou o presidente em outra ocasião.

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.