Bolsonaro defende Gentili e ironiza sua condenação: "Vale para uns e não para outros"

O presidente Jair Bolsonaro saiu em defesa de Danilo Gentili, ironizando ação movida por Maria do Rosário. 

O presidente Jair Bolsonaro utilizou a sua conta no Twitter nesta quinta-feira (11) para sair em defesa do apresentador Danilo Gentili, que foi condenado a seis meses de prisão em regime semiaberto por injúria à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).

“Me solidarizo com o apresentador e comediante Danilo Gentili ao exercer seu direito de livre expressão e sua profissão, da qual, por vezes, eu mesmo sou alvo, mas compreendo que são piadas e faz parte do jogo, algo que infelizmente vale para uns e não para outros”, escreveu o presidente.



A sentença da condenação foi devido a um processo movido pela deputada petista após o comediante gravar um vídeo em 2016, mandando Rosário "abrir a bunda" e colocar nela os restos de uma intimação judicial que ele havia rasgado e passado em suas partes íntimas.

Na ocasião, a intimação também havia sido movida por Maria do Rosário, após críticas do apresentador à petista em suas redes sociais. O humorista considerou o ato uma tentativa de censurar a sua liberdade de opinião.



A manifestação do presidente Bolsonaro a favor de Gentili possui um forte significado no âmbito da política, visto que Maria do Rosário também já processou o atual chefe de Estado brasileiro por, supostamente, incitação ao estupro.

O caso envolvendo Rosário e Bolsonaro foi um dos mais utilizados pela oposição durante a campanha eleitoral contra o então presidenciável. Com isso, a publicação do agora presidente em favor do humorista soa não apenas como uma ironia acerca de ambos os casos, como também uma crítica indireta à parlamentar.


COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.