Bolsonaro viaja para Israel neste sábado, visando parceria científica e intercâmbio estudantil


O presidente Jair Messias Bolsonaro viajará para Israel neste sábado (30), poucos dias após um encontro com o presidente americano, Donald Trump, consolidando a relação de parceria entre Brasil, EUA e o país judeu.

Alguns dos objetivos da aproximação do governo brasileiro com o israelense, além da cooperação diplomática, é estabelecer parcerias científica, tecnológica e de pesquisa entre os dois países.


O interesse de intercâmbio na área acadêmica é um ponto forte do encontro, já que Israel possui grande influência no desenvolvimento da ciência moderna, tendo muito a oferecer aos estudantes brasileiros interessados em obter alguma formação nesse país. Ele foi manifesto na última live feita pelo presidente em sua conta no Facebook, nesta quinta-feira (28).


A possibilidade de transferência da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém é outro assunto que poderá ser tratado entre os dois governos. Apesar de Bolsonaro ter demonstrado sinais de que essa decisão ficará para o futuro, nada impede que em consequência de acordos importantes essa decisão seja antecipada.

O anúncio da abertura de um escritório brasileiro em Jerusalém reforça o clima favorável do governo brasileiro para a transferência da embaixada, soando como um teste diplomático aos países árabes e um sinal amigável para os judeus, antes da visita de Bolsonaro à Israel neste sábado.

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo.