Narrativa do PT cai por terra após 84% das vagas do Mais Médicos serem preenchidas em 72h


Em menos de três dias após a abertura do edital para seleção do programa Mais Médicos, cerca de 7.154 profissionais já foram selecionados para as 8.517 vagas disponíveis, representando 84% do total, informou um comunicado do Ministério da Saúde publicado nesta sexta-feira.

A notícia contraria a narrativa do Partido dos Trabalhadores, responsável por criar o programa em 2013, no Governo Dilma, tentando justificar que a contratação de médicos cubanos seria porque os profissionais brasileiros não queriam trabalhar nas regiões mais isoladas do país.



Conforme noticiado recentemente, assim que foi disponibilizado o edital na última quarta-feira, o site ficou offline por algumas horas, indicando que houve um grande número de acessos no sistema. Na prática, parece que os médicos brasileiros estão realmente dispostos a desconstruir a ideia de que só atendem em lugares privilegiados, refletindo a onda nacionalista que tomou o país nos últimos anos, especialmente entre os mais jovens.

Segundo informações de O Globo, "o balanço, com dados que vão até as 8h desta sexta-feira, mostra 19.994 inscrições, das quais 13.341 são de profissionais com registro válido no Conselho Regional de Medicina (CRM). Deles, pouco mais de 7 mil já tiveram um destino escolhido".




COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.